quarta-feira, 1 de outubro de 2008

A questão é cientifica


As andorinhas vinham agora em sentido contrário, ou não seriam as mesmas. Nós é que éramos os mesmos; ali ficamos, somando as nossas ilusões, os nossos temores, começamos já a somar as nossas saudades.
(Machado de Assis, in Dom Casmurro - Capitulo XLVII)


Dia 29 de setembro comemorou-se o centenário da morte de Machado de Assis e mais uma vez a internet e o governo federal nos presenteiam com obras prontas para serem lidas gratuitamente. O portal do Ministério da Educação disponibilizou todo o acervo de Machado de Assis como forma de atender aos estudantes de forma geral, leitores e fãs desse genial escritor. Não deixem de apreciar, de ler, ou reler esse maravilhoso acervo .


O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice a adolescência. Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui. Em tudo, se o rosto é igual, a fisionomia é diferente. Se só me faltassem os outros, vá; um homem consola-se mais ou menos das pessoas que perde; mas falto eu mesmo, e esta lacuna é tudo.
(Dom Casmurro, Capitulo II)

3 comentários:

Adao Braga disse...

No serviço: Dominio Público já existia estas obras antes do centenário.

Beth disse...

Sim Adão...muito bem lembrado. No entanto, o dominio público é uma reunião dos acervos que existem nas instituições públicas e centralizadas num só espaço, como bem pode-se observar em "Fontes". O portal do MEC é bastante procurado e mais uma fonte de consulta e pesquisa que classifica a obra em contos, romance e etc.

Valeu pela lembrança do Dominio Público.

Beijinhos

Ricardo Rayol disse...

isso porque ele está morto e não pode cobrar os direitos autorais ehehehe