sábado, 27 de setembro de 2008

Dominação Carismática

 

Confesso...copiei o título da postagem do blog Sociologizando, do Professor Jacob Portela que é professor de sociologia da faculdade onde benhê estuda.  Adoro ler o blog dele, as matérias que ele coloca, os videos, dicas de leituras, apesar de não estar atualizado.

Daqui alguns dias estaremos escolhendo nossos representantes municipais, estaremos com o poder de uma decisão em nossas mãos - literalmente falando. Não pense que cenas como essas do vídeo não são mais passíveis de acontecerem no mundo moderno. Elas acontecem, em menor escala, o tempo todo. Povos que se deixam influenciar e se deixam dominar pelo carisma, pelo colocar de mãos em livros "sagrados" de pessoas que usam o nome de seu Deus ou seus Profetas para justificarem genocídios, perseguições, fome, crimes ambientais...até mesmo dilemas pessoais, de suas vidas miseravelmente pessoais. Em nome de Deus...tudo é permitido.

Durante o horário político quantas e quantas vezes você assistiu candidatos usarem a família e a religião como respaldo para sua indole política? Quantos falaram em nome dos filhos, dos cônjuges e de Deus? Quantos retratos muito bem pintados de uma familia brasileira feliz foi apresentada para você durante o horário político? Histórias como essas do vídeo jamais deverão ser esquecidas, é o retrato perfeito de uma sociedade perfeita; muito menos deve ser esquecido ou deixar de se observar o poder que  tem a palavra, o  verbo e sua influência em mentes fracas, sem informação, sem o real significado da ideologia politica, social. Somente com o poder do voto temos em nossas mãos a palavra mudança, transformação, busca pela consciência de que o futuro de uma nação está tão somente nas mãos de seus eleitores.

Será que os jovens e crianças que aparecem no video sabiam o que havia por tras do discurso nobremente sedutor de Hitler? Eles eram apenas crianças...

 

Recentemente, ganhei num sorteio o novo livro de Paulo Coelho - "O Vencedor Está Só". Apesar de não gostar muito do autor, estou lendo o livro com muito carinho e atenção. Contudo, entrelinhas a parte,   percebi que não há nada mais atual que as palavras de seu prefácio que ele intitula  O Retrato. O retrato de uma passado, de um presente, de um futuro. Um retrato borrado, amarelado...mas que ainda se faz presente, de alguma forma, se faz presente.

Jamais conseguiremos apagar nosso passado, talvez consigamos reescrever nosso presente para com isso transformar nosso futuro. Mas esse poder de transformação está tão somente nas nossas mãos.

O RETRATO - Paulo Coelho

"No momento em que termino de escrever estas páginas, existem vários ditadores no poder. Um país do Oriente Médio foi invadido pela única superpotência mundial. Os terroristas estão ganhando cada vez mais adeptos. Os fundamentalistas cristãos são capazes de eleger presidentes. A busca espiritual é manipulada por várias seitas que alegam deter o "conhecimento absoluto". Cidades inteiras são riscadas do mapa pela fúria da natureza. O poder do mundo inteiro está concentrado nas mãos de seis mil pessoas, segundo pesquisa de um reputado intelectual americano.

Existem milhares de prisioneiros de consciência em todos os continentes. A tortura volta a ser tolerada como um método de interrogatório. Os países ricos fecham suas fronteiras. Os países pobres assistem a um êxodo sem precedentes de seus habitantes em busca do Eldorado. Os genocídios continuam em pelo menos dois países africanos. O sistema econômico dá mostras de exaustão, e grandes fortunas começam a ruir. O trabalho escravo infantil tornou-se uma constante. Centenas de milhões de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza absoluta. A proliferação nuclear é aceita como irreversível. Surgem novas doenças. Antigas doenças ainda não foram controladas.

Mas é este o retrato do mundo em que vivo?

Claro que não. Quando resolvi fotografar minha época, escrevi este livro"

Recadinho: Adão (ou quem mais quiser), não deixe de assistir ao vídeo, dica do Professor Jacob,  sobre Antonio Conselheiro - A Guerra de Deus e do Diabo. Aliás todos os videos indicados têm um grande motivo de ser, para ser.

Se não olhar com carinho para o passado, mesmo que esse passado não seja tão bom de ser lembrando; jamais serás capaz de transformar o presente - - o seu presente.

(Beth)

6 comentários:

adaobraga disse...

Eu acredito nele. O discurso dele tá excelente. Uma pena que sofreu uma sabotagem no decorrer da história. Mas, a disposição com que engajava em seus projetos, poderia ter sido diferente, mas não foi.

Ele caiu na cilada!

adaobraga disse...

Você vai pirar o cabeção!

Pedro disse...

O discurso dele é o mesmo de todo o politico bom ou mau intencionado, principalmente quando explora as carência e deficiência de um povo. O povo alemão na época sofria com o desemprego e culpa a divisão de classes era o melhor caminho para a conquista do império nazista.
Reportando aos tempos atuais, alguns politicos exploram a fé, a carência de um povo a seu favor, a favor de seus projetos politicos que uma hora serão desvirtuados. De boa intenção, o inferno está cheio.

Beijão Flor de Lis

Pedro disse...

Quando disse acima "conquista do império nazista" quis dizer, na visão de Hitler, a hegemonia do povo alemão. A riqueza, o comércio nas mãos do povo judeu na época afetava a economia alemã de alguma forma. Hoje, na Europa, vê-se de forma velada o preconceito contra os imigrantes, os turcos. No Brasil, como bem disse Paulo Coelho, a riqueza, o poder, nas mãos de uma minoria, o crescimento do trabalho escravo...mas não é com discursos bonitos que a situação vai se transformar e sim com atitudes e o voto é o primeiro passo.

Beijos Lis

Beth disse...

Ai Jesus Cristinho! Duas pessoas altamente politizadas no meu blog. Cada um com seu radicalismo cristão e hebraico. hahahahahaha

Adão, realmente...pirei em ti...acho que vc seria um seguidor de Hitler. Vixi...quero nem pensar nisso !!!

Pedro, hummmm....é verdade!!! Recentemente um amigo, que mora na Dinamarca, me falou sobre esse preconceito velado principalmente contra os turcos. O dinheiro sempre no poder. De qualquer forma, o poder está nas decisões do povo. Infelizmente nem todos os povos possuem esse poder em mãos.

Beijos e obrigada aos dois !!!

Murdock disse...

Estamos caminhando para o fim mesmo.