segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Dai-me paciência

Para não dar uma de Cris Nicolotti, pois minha vontade é essa, resolvi inspirar e expirar hoje mil vezes e ser meio "Shakespeariana", dar uma de boa moça, entender com resignação os designos da vida, da natureza, dos passarinhos, das flores, dos peixinhos. A gente tem que aprender a viver, pelo menos, no mínino da frieza, até conseguir atingir nossos objetivos. Mas vamos combinar? É foda (com o perdão da palavra) dar uma de boa moça.

No sábado, um amigo telefonou e contou-me um "causo", disse ao final: você poderia ajudá-la, aconselhá-la, direcionar a vida dela. Caraca...eu o que? Estou morrendo de dor de cabeça, a mulher é uma cobra e se Deus não deu asas à cobra sou eu quem vai dar? Putz...não tenho vocação para Madre Teresa de Calcutá. Adoraria, mas não tenho.

O Mané Cerol Virtual faz merdinha, a Dadinha faz merdinha, a Calça da Gang faz merdinha ...todo mundo faz merdinha e você ainda tem que ser benevolente e ficar ouvindo as eternos e seguidos leites derramados? Já não bastam as minhas próprias merdinhas? A galera adora fazer merda e viver na merda. E eu tenho que ser Nossa Senhora da Paciência? Se eles não tentam melhorar, mesmo sabendo assumidamente o caminho e as respostas que já foram ditas, lidas, escritas, musicadas, poetisadas...CARACA...serei eu a dizer?

Será que é tão difícil deixar de bater na tecla do DÓ? E ainda vem um outro ser insano querer trocar uma amizade por uma comissão. O outro espera você acordar para poder viver. A outra só respira se você respirar. O outro não sabe pegar um bule e fazer um café, tem que usar a cafeteira. E eu mereço ficar ouvindo, lendo e presenciando essas idiotices. Caraca...não pode ser tão difícil assim você dar o primeiro passo e começar ou recomeçar, pegar a chaleira, esquentar a água e coar o café... como queira.

Bem, como já estou zen, fiz meus exercicios de inspira e expira, bem como os de Tai Chi Chuan, então, deixarei um lindo texto de William Shakespeare (os entendidos dizem que não é dele, também acho que não seja, enfim...) como reflexão para mim mesma. Sem antes, é claro, pois eu mereço e paciência tem limite: Querido e Querida ..... &¨%$#@*&

Pronto! Melhorei! Estou ótima e o msn me chama!


APRENDENDO A VIVER



Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil
diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma

E você aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.


E começa a aprender que beijos não são
contratos e presentes não são promessas.

E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e
olhos adiante, com a graça de um adulto
e não com a tristeza de uma criança.


E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os
planos,e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar
exposto por muito tempo.


E aprende que não importa o quanto você se
importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa,
ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa
perdoá-la, por isso.


Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas
segundos para destruí-la, e que você pode fazer
coisas em um instante, das quais se arrependerá
pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo
a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas
quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos
que os amigos mudam, e percebe que seu melhor
amigo e você podem fazer qualquer coisa,
ou nada, e terem bons momentos juntos.


Descobre que as pessoas com quem você mais se
importa na vida são tomadas de você
muito depressa, por isso sempre devemos
deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas.
Pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm
influência sobre nós, mas nós somos responsáveis
por nós mesmos.


Começa a aprender que não deve se comparar com os outros,
mas como melhor que você pode ser.

Descobre que leva muito tempo para se tornar
a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde
está indo, mas se você não sabe para onde
está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o
controlarão, e que ser flexível não significa ser
fraco ou não ter personalidade,
pois não importa quão delicada e frágil seja uma
situação, sempre existem dois lados.


Aprende que heróis são pessoas que fizeram
o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você
espera que o chute quando você cai
é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos
de experiência que se teve e o que você
aprendeu com elas do que com
quantos aniversários você celebrou.


Aprende que há mais dos seus pais em você
do que você supunha.


Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que
sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes
e seria uma tragédia se ela
acreditasse nisso.


Aprende que quando está com raiva tem o direito
de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer
que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o
que pode, pois existem pessoas que nos amam,
mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.


Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,
algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade
com que julga, você será em algum momento condenado.


Aprende que não importa em quantos pedaços seu
coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em
vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que, realmente pode suportar...
que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não agüenta mais.


E que realmente a vida tem valor e que
você tem valor diante da vida!

"Nossas dádivas são traidoras e nos fazem perder
o bem que poderíamos conquistar,
se não fosse o medo de tentar."


WILLIAM SHAKESPEARE



9 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
tem gente que irrita mesmo
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pedro disse...

Essa é a Flor de Lis que eu conheço. Demora, mas quando estoura sai de baixooooooooooooooo!!!!!. Tem gente que realmente só na base do Ohmmmmmmmmmmmmm e muito Ohmmmmmmmmmmmm na cabeça.
Não conhecia o video e nem a versão do Jô! Ri muito por aqui.

beijão

Adão Braga disse...

Bem... o que comentar? Vou elogiar você.
Você tem uma inteligência emocional muito boa... e se você chegou a perder a paciencia... porque???

Acho que estamos passando por situações análogas, não é mesmo???

Fazer o que?

Se todos fossem como você, como poderiamos gostar de você por estas suas singularidades???

Poliedro disse...

Um texto bem delineado e conseguido.
Não se enerve, a vida é isto mesmo, até nas sensações que provocam maior irritação.
Mantenha a calma porque o seu talento e maravilhosa forma de postura na vida é enternecedora e meiga que parece esquecer.
Então?...
Escreve assuntos do dia-a-dia com uma conduta brilhante. Admirável pelas escolhas que faz ou pela maneira como se expressa retendo a atenção dos seus leitores.
Calma...!!! Se possível.
A vida é bela, não omita isso do seu pensamento. Sei que não a esquece.
Gosto muito de ler o que lhe vai na sua deslumbrante Alma GIGANTE.
Beijos de estima e consideração.
pena

Eu e Ela disse...

De shakespeare ou não, é um belo texto.
É impressionante a capacidade que as pessoas tem de viver tendo outro como muleta, se metem em encrencas contando que a muletinha vai lá e resolver, irrita, suga energia.
O pior de tudo é que não estão nem ai para o estado de espirito da muleta, pensam que ela aguenta qualquer tranco.
E no final não aprendem nada, acham que alguem já aprendeu por eles.
Bjs

MUTUMUTUM disse...

Huahuahuahua... Concordo com você: todo mundo faz merda, vive na merda e, como se não bastasse, quer que todo mundo fique na mesma merda. E, quando você for falar umas verdades pro carinha aí, ele vai te mandar à merda ainda por cima!

Pow! Belo texto de Xeisquipeire o/ Lindão mesmo o/

Abraços o/

Vinicius disse...

huhua o mutumutum disse tudo
apesar que as vezses tentar ajuda faz bem pra gente... não pra pessoa que é ajudada...
inté

Paola a Estranha disse...

Querida minha tia sempre me diz: Paola muita merda pra vc! hahahahaha

Isso é tão normal vc não acha?

Algumas vezes é tão bom desabafar...só não dá para o amigo solucionar, certo?

Beijos linda!

Beth disse...

Hahahahahahaha
Gentem...eu juro que só ia postar o vídeo da Cris Nicolloti. Mas vamos combinar, as vezes dá no saco aturar uns nóias que aparecem na nossa vida.

Estava irada no dia do post, mas nada que um *&&¨%¨%# não resolva.

Up

bjs