domingo, 24 de junho de 2007

Meu amigo em Salvador

Um amigo está desembarcando em Salvador/BA e me pediu dicas. Pronto, desandei a falar da capital baiana em poucas linhas. Não deixe disso, não deixe daquilo, vá aqui e acolá. Mas só não faça como a uma amiga, foi em Salvador e não saiu da Barra. Fala sério! Ela não foi à Salvador, ela passou por Salvador.

Nunca fui no carnaval em Salvador, não curto o perido de carnaval na cidade. Sou mais Alceu, as virgens e o Galo da Madrugada, nas minhas lindas Récife e Ólinda (assim mesmo com acento agudo para imitar o sotaque da terra de painho). Acho um tumulto só o período de carnaval em Salvador. Mas Salvador é Salvador em qualquer época do ano, pois a cidade, culturalmente falando, é riquissima em qualquer estação. Da fotografia no farol da Barra, passando pela compra de pulseiras do Senhor do Bonfim, dando uma chegadinha nos ensaios do Olodum, é um pecado não conhecer Salvador e o seu povo que não nasce - estréia. Antes de partir dessa para melhor, não deixem de ir à Salvador, passem no Rio Vermelho, peçam a proteção da Iemanjá e sigam em direção ao mercado modelo para fazer comprinhas.

Se o Marcos for um cara esperto, ainda vai pegar o carro e conhecer o Projeto Tamar na Praia do Forte e de quebra ainda dar uma passada em Arembepe. Que maravilha pisar no templo da cultura hippie dos anos 70!

Ir à Salvador é uma excelente pedida para as férias no meio do ano, ou melhor qualquer férias, qualquer feriado prolongado. Corre-se o risco de chover um pouco, pois no inverno é um período de chuvas no Nordeste, mas e daí? Alguém encolhe se chover? E além do mais, o clima está tão doido que pode-se dar a sorte de ter um inverno nada chuvoso, ou como é de praxe em algumas cidades do Nordeste - sol durante o dia e chuvinha final da tarde.

- Mas Beth, estava pensando em ver o Pan no RJ. Você estará em casa? Posso ficar hospedado por ai?

- PAN? Eu? No RJ? ... esquece! Eu heim! Torcerei a distância. A casa é toda sua, mas deixe o dinheiro da faxineira debaixo da televisão ok?

Um comentário:

Pedro disse...

Sou mais viajante e viajado que você. Mas esse teu entusiasmo em falar das cidades é encantador. Já conheci algumas por tua causa. Sempre viajo motivado com tuas palavras nas dicas que você dá tagarelamente e quando chego nos locais em nada me decepciono.
Salvador é exuberante, mas a capital Pernambucana ainda é a minha praia favorita para passar o a folia do galo. Concordo contigo.

Cheguei super bem, apesar das confusões babanescas nos aeroportos. Sobrevivi ao caos.
Beijos querida. Deixei recados no orkut para você.