quarta-feira, 2 de maio de 2007

Complicadinha


Ela andou extremamente agitada e ansiosa esses últimos dias.
Andava fértil demais de idéias.
De repente, permitiu ter preguiça de si mesma.
Resolveu não perpetuar suas percepções.
Não queria dividir suas emoções.
Estava literalmente Dory; queria estar.


....e soprou suas emoções, mas nem ao vento avisou.



5 comentários:

Pedro disse...

Liz
Você é encantadora até mesmo quando não está a fim de nada. Permita-se

AP disse...

Adorei seu blog, Beth. Vou voltar! Beijos.

Marcelo disse...

Entrar no blog e ouvir Air Supply é recordar coisas boas na minha vida.Me sinto sempre retornando para casa.
Não sei??? !!!! acho que você no texto está falando de você mesma. Acertei? Que mania essa minha, vou acabar sendo devorado.
.........Um primor de sensibilidade - eu definiria esse texto assim.

Kaká disse...

Sabe o q mais vejo na Dory? O q ela mesma diz: "meu lema é ajudar"...

Não sei dizer se ela é assim, agitada e ansiosa, querendo somente "estar"... Dory é ser. Contagiantemente. E isto não tem como negar, camuflar ou fugir de. E é tb se permitir o q quer q seja, independentemente do que ou de quem quer que seja!

De complicadinha não tem nada! rssss... Tem de transparente e sincera, disposta a vencer, a viver!

Marcelo disse...

Oi Liz, estava lendo a Kaká e ficou uma lacuna no meu comentário.
Estar Dory. Esquecer. Lembrar? Para que? Para quem? ......... vamos esquecer?