quarta-feira, 11 de abril de 2007

Calma Kaká



Kaká comentou que ando escrevendo menos. Havia dito para ela que minha intenção era colocar um texto por dia, aliás, já consegui me entender com o word, centralizei meus textos em uma única pasta, mas sempre me chama atenção algo novo e sempre estou escrevendo algo diferente daquilo que já tenho arquivado. Verbi gratia, a sociedade vive em uma efervecente mudança e não dá para ficar estagnado em idéias e percepções arquivadas no word.

Mas ando com uma preguiça de mim mesma inacreditável.
Não quero escrever muito. Mas tenho lido demais, ando envolvida com livros e livros e livros. Estou com sede "do saber" e preciso honrar a minha última surtação financeira dentro da Siciliano.

Minha mais recente leitura com certeza será um dos filmes de Hollywood, afinal, quase todos os livros de John Grisham acabaram virando filmes de sucesso. Um ótimo escritor e especialista criminal. Acho que é isso que me seduz em Grisham, pois ele relata muito bem as falhas do sistema judiciário americano em suas obras.

Também ando visitando alguns bons blog´s. Estou lendo, sentido os outros e descansando de mim. Mas tem coisas que simplesmente não dá para ficar ausente por muito tempo e já sinto os dedos ferozes com sede de transformar idéias em palavras, em textos. Agora mesmo estava vendo o plantão notícias que rola na tela do blog - o G1 - e de cinco notícias que se destacam, quatro eram sobre o aumento da criminalidade...o contador está aumentando, o governador vai pedir arrego, a mídia está cada vez dando destaque à violência urbana (com razão) e não podemos simplesmente ficar alheios. E no meio dessa confusão toda tem o encontro de amor lindo do Lemão e da Siri...e o Padre Zeca, pasmem, o Padre Zeca, um dos ícones da renovação carismática, o criador do movimento Deus é Dez, está se afastando da Igreja e dizem as boas linguas que ele vai casar.

Calma Kaká...calma. Deixa eu terminar as duzentas páginas de Grisham que faltam, e eu volto com a corda toda.

Um comentário:

Kaká disse...

Vc é danadinha, heim??? Mas c sabe q vc é que tá certa??? Ler é bom dimaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaissssssssssssss!! Acho até que vou mudar o que falei: depois que se esgotarem as páginas, e você abraçar ao menos 3 amigos (não os que chegam a você, mas os que você foi até eles), então sente-se e escreva(-se)! pois no final das contas... Isto também é viver e muito bem! E que eu espere, pacientemente como preciso aprender!, novos posts da Beth!!!! Que bom acordar e ver que apesar da violência tem muita coisa boa ao redor. Bom dia, linda!