sexta-feira, 13 de junho de 2008

Negócios são negócios

Como bem lembrou Adão Braga, hoje é sexta-feira 13 - "BAILAM CORUJAS E PIRILAMPOS. ENTRE OS SACIS E AS FADAS.." Mas, hoje também é dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. E casamento, não deixa de ser um negócio, por vezes bem lucrativo para alguns. Algumas moçoilas modernas sempre dão um jeitinho de não recorrerem as promessas, simpatias e subidas de joelhos em escadas de igreja com a vela na mão.

Vejam como essa moça antenada no mundo financeiro, arrumou um jeito de não recorrer ao santo, mas sim ao salvador de sua pátria bancária. O único problema que ela encontrou é que nem sempre o homem que é homem e não lobisomem, tem a paciência de um santo.

Recebi por e-mail....(só não sei de quem)

Uma mulher escreveu para um site financeiro pedindo dicas sobre como arrumar marido rico. Só isso já é insólito, mas o melhor da história é que um cara, possivelmente um economista ou investidor, deu a ela uma resposta bem fundamentada.

Mensagem DELA:

Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site? Ou esposas de gente que ganhe isso? Vocês poderiam me mandar algumas dicas?
Namorei um homem de negócios que ganha por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso e 250 mil não vão me fazer morar em Central Park West.
Conheço uma mulher da minha aula de ioga que casou com um banqueiro e vive em Tribeca, e ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente.
Então, o que ela fez de certo que eu não fiz? Como eu chego ao nível dela?

‘Chris S…’

Resposta DELE:

Li seu anúncio com grande interesse, pensei cuidadosamente sobre seu dilema e fiz uma análise da situação.
Primeiramente, não estou gastando seu tempo, pois me qualifico como um homem que atende seu orçamento; ou seja, eu ganho mais de 500 mil doláres por ano.
Isto posto, considero os fatos da seguinte forma:
Sua oferta, quando vista da perspectiva de um homem como eu, é simplesmente um péssimo negócio.
Eis o porquê:
Deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro. Ótimo, fácil. Mas tem um problema. Sua aparência vai se acabar e meu dinheiro vai continuar existindo, perpetuamente. De fato, é bem possível que meus rendimentos aumentem, mas é certeza absoluta o fato que você não vai ficar nem um pouco mais bonita!
Assim, em termos econômicos, *você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos*.
Você não somente sofre depreciação como esta depreciação é progressiva, sempre aumenta!
Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar gostosa pelos próximos 5/10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. O fim de sua aparência começa cedo e em alguns anos você já estará acabada!
Então, usando o linguajar de Wall Street, nós a chamaríamos de ‘trading position’ (posição para comercializar) e não de ‘buy and hold’ (compre e retenha), que é o que você deseja… daí o problema, casamento. Não faz sentido, do ponto de vista de negócios, ‘comprar’ você (que é o que você quer), portanto *prefiro alugá-la*.
Se você estiver pensando que estou sendo cruel, eu tenho a dizer o seguinte:
Se meu dinheiro vai se acabar, você também vai. Então, quando sua beleza se esvair eu tenho que ter uma opção de saída. É simples assim.
Um negócio razoável, portanto, é um namoro, e não casamento.
Paralelamente a isso, bem no início da minha carreira me ensinaram sobre mercados eficientes. Assim, eu me pergunto como uma garota ‘articulada, com classe e maravilhosamente linda’ como você, ainda não achou seu tio Sukita.
Acho difícil acreditar que você é tão bonita quanto diz e os 500 mil dólares ainda não te encontraram, nem que fosse pra um ‘test drive’.
Por sinal, sempre há um jeito de você descobrir como ganhar dinheiro por conta própria, para que não precisemos ter essas conversas difíceis. Com tudo isso dito, devo dizer que você está tentando da maneira certa. É a clássica ‘capitalização via golpe do baú’. Espero que tenha sido útil e, *Se quiser negociar um contrato de aluguel, fale comigo.*

7 comentários:

adaobraga disse...

Beleza e inteligência, articulação, não são garantias de uma vida amorasa rentável, estável e duradoura.

Conheço mulheres lindas que não conseguiram viver dois anos casadas com maridos lindos, ricos e bondosos... por outro lado, há aquela pesquisa que saiu ainda este ano que o casamento entre Bonito X Feia, Feio X bonita tem maior chance de ser duradouro, longevo, e feliz...

Só não me lembro se a pesquisa fez alguma nova descoberta com Feio X Feio, porém, em MG, há um ditado que assim diz:

- Quando fores casar, pense nos filhos que vão nascer.

Marcelo disse...

kkkkkkkkkkkk Golpe alto diriamos por aqui essa é uma tremenda periguetti algo tipo prostigaranhona e o cara um tremendo cafa....!

bjs

Vou fazer todas as simpátias vou ver se desencalho hj, amanhã talvez depois de amanhã...tudo bem ano que vem!

Anônimo disse...

hahahahaha...Olá moça! Não vejo o cara como um cafajeste. O cara é um investidor que entende bem de ativos e passivos, com isso defende seu patrimônio contras as vagaranhas do mercado financeiro.

Toda vez que marco um encontro, vou de fusquinha fafá. Se ela curtir meu fusquinha então vai ter direito de andar na minha 4x4.

Estou solteiro, na pista e nem um pouco a fim de correr riscos fazendo promessas. É bom ser solteiro...

Abração e bom final de semana para você.
Thiago

Ricardo Rayol disse...

eheheheheh haja veneno

mundo a fora disse...

passa no MUNDO A FORA q teras surpresas

bjoka

Gabriel disse...

extremamente articulada...extremamente...

Beth disse...

Eita.......
Tem gente para tudo neh ???
Me diverti com esse textinho da caça dotes. Será que isso foi verídico?? Dizem que sim.
Mas...acontece !!!!