quinta-feira, 24 de abril de 2008

O outro lado da moeda...

“Existem no mundo entre 100 a 130 milhões de vítimas de mutilação genital feminina”.
"Existem no mundo milhões de mulheres mutiladas emocional e psicologicamente, degradadas por estatutos de inferioridade milenar e vítimas incontestadas de abusos de toda a espécie a que se não deu, ao longo dos séculos, a menor importância..." (Carol Bellamy – direct. exec. da UNICEF)

Vou desenvolver junto com minha instituição acadêmica um trabalho junto com o MP do Rio de Janeiro, no que se refere a menores (crianças e adolescentes). Estou aqui pensando se terei estômago para isso. Terminal-Rage Mas, até que o trabalho seja efetivamento concretizado, os grupos de trabalho montados, acho que dá para dar uma pensada a mais sobre o assunto. Não estou desanimada com o trabalho, que aliás, é voluntário e de aperfeiçoamento acadêmico e crescimento profissional. Seria uma excelente oportunidade de retornar ao mundo acadêmico com tudo, depois de alguns meses de afastamento. Mas, uma vez mais verei a desproteção do Estado diante dos olhos e sentirei-a na própria carne. Isso é muito foda de engolir, depois de passar por uma Defensoria Pública.

Enfim...

E por falar em Ministério Público, enfim, a galera do MP, PF e a Google fecharam um contrato que visa a vigilância sobre dados e contas que propagam a pedofilia em sites de relacionamento - Leiam a matéria. Muito legal saber disso, pois a um ano que essa possibilidade de parceria estava sendo estudada depois de denúncias exaustivas da ONG Safernet. Será um trabalho direcionado na busca de pedófilos, entre outros crimes que são divulgados e mantidos sob o manto do sigilo e privacidade.

E querem mais do mundo Google? O Tribunal de Justiça de Rondônia, determinou que a Google pague multa diária de R$ 1 mil reais, por permitir a divulgação no site de relacionamentos Orkut fofocas sobre cidadãos, em um caso específico envolvendo crianças e adolescentes de determinadas cidades daquele Estado. Se em grau de recurso, a decisão de primeiro grau for mantida, então, abrir-se-á uma gama de ações contra a Google e seus usuários no que se refere a danos morais e responsabilidade civil.

E quais são mesmo as empresas do Grupo Google? Nobres causídicos, se armem com todas as fontes do Direito...hehehehe...vai ter muito trabalho pela frente.

É...coitados daqueles que acreditaram que a internet era um campo livre para transgressões e agressões.

 

2 comentários:

Adao Braga disse...

"uzomi" sempre complicando. Era bem mais fácil se eles chegasse ao Google, e apresentassem uma lei, em que os dados dos usuários poderiam ser privados para a comunidade, porém, não para a justiça, assim, poderiam investigar, e até desmantelar facilmente estas quadrilhas. Eles confiariam na segurança proposta. Como ninguém lê o contrato, nem precisaria de letras miudas.

Bastava uma linha:

Clausula 1a.

Os dados da sua conta estarão disponiveis para a justiça mediante mandato de judicial.

Adao Braga disse...

Esclarecimento:

- O Blog Artigo1 tá com problemas técnicos e não sei quando voltará.

Nossa maré de azar ainda continua!Depois te digo mais!