quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Teoria de Previsibilidade

 

1 - Encontrou o que queria...

O cara parou no acostamento, ficou um tempo parado, fez a manobra e dirigiu quatro quilômetros na contramão numa rodovia movimentadissima de São Paulo. E tudo foi filmado pelas câmeras que vigiam e controlam a rodovia. Ele encontrou o que queria, o anjo da morte travestido de carreta na sua frente, passou dessa para a melhor.

Mas, tudo isso é problema dele. E ele não está mais vivo para explicar os motivos de tal comportamento suicida. No entanto, me pergunto: foram quatro quilometros e não quatro metros. Foram quatro quilometros e ninguém fez nada. Seria possível fazer algo?

E foi tudo filmado - da manobra ao destino fatal.

2 - Riqueza Nacional nas Mãos dos Gringos

A investigação da Polícia Federal aponta para espionagem industrial o furto de material sigiloso da Petrobrás. Em tempos de alta tecnologia digital, avião andando para cima e para baixo, seguranças patrimoniais e o sei lá mais o que, a nossa queridissima S/A utiliza de conteiners, rodovias precárias, viagens demoradas  e terceirizados estrangeiros para garantir o sigilo de suas informações.

O setor de petróleo é daqueles que clamam por técnicos especializados e paga altissimos salários. Há um indice enorme de contratados terceirizados, inclusive estrangeiros trabalhando em nossos campos de petroléo em terra e mar. Afinal, eles não têm culpa se a galera aqui pouco se interessa por área técnica. Mas, como deixar informações  de segurança nacional, pois o PETROLÉO É NOSSO nas mãos e na responsabilidade de terceirizados? Levar informações confidenciais em viagens que duram horas e horas, enquanto poderia ser feito em questões de minutos de helicoptero, é incompreensível e irracional.

Se é assim com o nosso petróleo, imagine então com a nossa Amazônia - rainha mãe de nossa fauna e flora?

3 - O Sofá e A Estabanada

A bloguera que vos escreve, de tanto dar topada com o dedinho no pé do sofá e falar palavrões posteriores as topadas, acabou parando na emergência do hospital e conferiu após muito escandalo e raio xissssss que quebrou e tirou do lugar o dedinho mindinho de seu pé. A mãe dela já alertava: "Minha filha. Não ande descalça. Você é muito estabanada". 

Resultado pela falta de ouvir os velhos e bons conselhos de sua mamãe - 6 semanas usando botinha e três dedos imobilizados - proibidissima de pisar os pés no chão (só de botinha).

"Ainda bem que não imobilizei os dedinhos da mão e nem a lingua...e muito menos o pensar"

4 comentários:

Germano V. Xavier disse...

Olá!

Passei por aqui...
Gostei do blog.

Abraços pernambucanbaianos...

Germano.
www.clubedecarteado.blogspot.com

Vinicius disse...

poutz...
boa recuperação pra vc.. isos deve er doido mto...

Anônimo disse...

Também não entendi muito não terem feito nada para impedir àquela tragédia.
Se cuida moça, melhoras nesse dedinho mindinho.
beijocas
Débora

adaobraga disse...

1 - Acho esta história de espionagem muito suspeita. Acho que estão querendo romper algum contrato. Chamar a atenção de algum grupo, que tenha tentado acesar alguma informação. Há algo de podre neste episódio, e não é só a informação do roubo. Há mais coisas ocultar nisto.

2 - Quem não ouve conselho, ouve: ô coitada!