domingo, 17 de fevereiro de 2008

Após certa idade...

Ontem, inauguramos a casa nova e recebemos a visita de alguns parentes e amigos em horários diversos para conhecer a casa nova. Um tio meu, que mora em Leopoldina/MG, nos visitou na parte da tarde - àquelas visitas inesperadas. Papo vai e papo vem, meu tio, um viúvo fresquinho (minha tia faleceu a 3 meses) nos contou que estava devidamente casado novamente com um bela senhora de 65 anos.

Nós ríamos muito, o tempo todo, pois achávamos que ela, a nova esposa, tinha sido amante dele. Afinal, era tão recente a viuvez quanto o novo matrimônio. E nos surpreendemos ao saber que ele tinha conhecido ela logo após a missa de sétimo dia. Ele nos respondeu dando altas risadas. "Meus queridos, quem fica viúvo é quem parte dessa para melhor. Estou muito bem vivo e doidinho para ser feliz novamente. Eu queria me separar e os filhos não deixaram. Logo depois ela desenvolveu Mal de Alzheimer e tive que cumprir meu papel de marido presente. Mas, depois que ela morreu? Eu quero é viver e muito. Ela partiu e eu fiquei. O que me resta pela frente? Ficar esperando a morte chegar? Vou esperá-la, mas ela vai ter muito trabalho para me encontrar, pois agora ninguém mais me segura e vou viajar muito com meu amor e beijar muito na boca".

Nossa! Parece que àquele casamento era um fardo na vida dele, pois nunca o vi tão alegre e saltitante...até o carro era novo e nos avisou que se desfez de tudo que ligava ele ao casamento anterior: casa, carro, telefone, móveis...Era vida nova aos setenta anos de idade, com tudo cheirando a novo.

Uauuuuuuu....acho que isso deu uma injeção de ânimo na mamãe, papai e titios presentes. Estão até planejando altas viagens nas próximas férias de todos.

Mas, o engraçado mesmo, foi um outra tia dizer: "eu só posso fazer planos depois que o dito cujo partir dessa para melhor". E eu perguntei como estava a saúde dele, afinal, sou uma sobrinha interessada. Ela me respondeu toda serelepe: "Minha filha! Desse ano ele não passa...Quem sabe não estou na próxima viagem da galera? Afinal, sou uma senhora toda gostosona, bonita e cheia de vida".

Ai Meu Deus !!! Essa minha família é hilária!!

Foi uma benção inaugurar minha casa com esse povo cheio de energia após os 65....OBRIGADA parentada. Eles são uma verdadeira lição para essa garotada e uns e outros que já  morreram e esqueceram de se enterrar.

2 comentários:

Pedro B disse...

Quero chegar na idade do teu tio beijando muito.

Adao Braga disse...

Ele tá certo! Nesta idade, é comum ocorrer isto. Ele viu, gostou. Não tem esse negócio de novela, de namorar, levar em casas, pedir permissão, etc e etc... já chega perguntando:

- Quer casar comigo?

Se sim, vou pegar suas coisas amanhã, e decidem onde vão morar, se na casa dela, se ela tiver, se na casa dele, e "morreu maria preá"

Depois dos 70, o que vier é lucro