domingo, 13 de maio de 2007

13 de maio


Hoje, 13 de maio de 2007, estamos comemorando em terras tupiniquins, não só o lindo Dias das Mães, mas também 119 anos da promulgação da Lei Áurea, lei assinada pela Princesa Isabel que extinguiu de vez a escravatura no Brasil.

Esse lindo país de indios, brancos e negros que fizeram uma "suruba", acabou resultando numa mestiçagem linda de ser ver...essa misturada de raças formou esse país lindo chamado Brasil que carregou e ainda carrega em sua história vergonhas que jamais serão esquecidas. Mas com apenas 507 anos temos um longo caminho a seguir, muita coisa a ser feita.



Algumas leituras nos reportam à outros tipos de escravidão - a escravidão contemporânea. Temos que lutar contra essa também, abolir, desta vez, um tipo de escravidão causada muitas vezes pela abandono e impotência dos orgãos públicos, bem como, pela omisão da sociedade como um todo.

O tráfico de mulheres e crianças, o turismo sexual (muitas vezes de menores), a violência doméstica, a ausência dos direitos trabalhistas, o trabalho infantil, falta de uma educação digna, ausência de saneamento básico, falta de hospitais, áreas de lazer, a violência urbana crescente, também são formas de escravidão que violam a dignidade do ser humano e isso independe de sexo, cor, raça, crença. E pasmem! Ainda existe o trabalho escravo/forçado em algumas regiões desse lindo país, onde, os grilhões, as senzalas e os feitores foram substituidos por acampamentos isolados, capangas armados e empresários bem sucedidos.



Há 119 anos quebramos os grilhões de nossa vergonha, libertamos os negros - nos libertamos, corremos pelos campos, dançamos nas senzalas, comemoramos em festas. No entanto, esquecemos também que haveriam outras escravidões a serem abolidas - elas são crescentes. Não somos apenas o país do samba, carnaval e futebol. Algo precisa ser feito.


5 comentários:

Mariano disse...

Gostaria q a Lei assinada pela Princesa Isabel tivesse saido do papel!

Fernanda disse...

Não é só no Brasil, Beth! Infelizmente a escravatura do ser humano continua, com os meninos-soldados, com a escravatura sexual de crianças e adultos, etc, etc em todo o mundo.É necessário denunciar continuamente.
Boa semana!
Bjs

Pedro disse...

a escravidão é vergonhosa em qualquer época, em qualquer país. A dignidade ferida do ser humano, dos irmãos. Hoje ainda somos escravos e escravocratas quando fechamos os olhos para as impurezas do mundo.

Muita luz Liz

Lívia Condurú disse...

A escravidão de fato é algo repugnante e que infelizmente existe até hoje... e que continuará a exitir por muito tempo. Porém não podemos ser hipócritas e negar o legado cultural que nos foi dado, por conta da escravidão. Sem ela, provavelmente, não existiria a nossa cultura tão rica e diversificada... é pena, mas é real.

Beijocas.

Ps. Estamos na brincadeira de indicar 5 coisas legais para se fazer nas cidades em que os blogueiros moram. Estás convidada a participar. Se quiser dar uma olhada, a tarefa está no post atual do meu blogger.

Lívia Condurú disse...

Que bom que você topou!!

É para "escrevinhar" aqui no teu espaço mesmo. Então delegas, depois, caso queiras, a função para 5 outros blogueiros.

Vou aguardar as dicas.
Beijão.