quarta-feira, 28 de março de 2007

Diálogos Silenciosos


Há tantos diálogos

Diálogo com o ser amado
o semelhante
o diferente
o indiferente
o oposto
o adversário
o surdo-mudo
o possesso
o irracional
o vegetal
o mineral
o inominado

Diálogo consigo mesmo
com a noite
os astros
os mortos
as idéias
o sonho
o passado
o mais que futuro

Escolhe teu diálogo
e
tua melhor palavra
ou
teu melhor silêncio

Mesmo no silêncio e com o silêncio
dialogamos


"Escolhi esse poema de Carlos Drumond de Andrade para comemorar as mais de mil clicadas em cima do bloguinho e para dizer: MUITO OBRIGADA POR ME LER COM O SILÊNCIO DO TEU OLHAR."

3 comentários:

Kaká disse...

que delícia comemorar com drummond, heim? parabéns! vc é um sucesso! como pessoa. o blog é só a extensão de si mesma! abraço daqui!!!

Marcelo disse...

quem conhece sabe o quanto você é uma pessoinha adorável e de uma sensibilidade impressionante. Além de tudo é bonita e inteligente. Gostei desse novo layout e da forma com a qual você se encontrou nas tuas cronicas e poesias.
Sua intuição é foda cara ...Drumond caiu perfeitamente bem para comemorar essas 1000 visitas. RJ, SP teu rostinho foi parar até na China e isso é muito legal. Eles podem não entender nada, mas pelo menos algo chamou a atenção e isso é muito legal.
beijos amiga

(Marcelo e Marina)

Fernanda disse...

Olá beth
encontrei o seu blog por mero acaso e queria dizer-lhe que gostei muito; é diversificado, interessante, pessoal e sensível. Você deve ser uma pessoa bem "bacana", ah e corajosa!( li o post"linha tênue")
Boa Páscoa!