domingo, 1 de agosto de 2010

Quando o telefone toca…é stress a vista !

 

 funny-people-talking-phone-in-the-white-cubes-thumb1438506 Vou logo avisando que não sou daquelas esposas que só saem e se divertem ao lado dos dignissimos esposos e ficam aguardando o aval dos parceiros para rir, gargalhar, dançar, brincar com os amigos. Não rola. Acho até que muitas vezes eles só atrapalham; principalmente quando você está a fim de se divertir.

Essa semana peguei um vale night e quase deu separação ! Menos…não chegou a tanto, mas fiquei vinte e quatro horas falando com as paredes. O problema não foi o vale night, afinal, a balada de um nem sempre é a balada de outro,  mas não ter atendido aos telefonemas foi a gota d´água. Na verdade eu acho um saco atender telefone no ônibus, no metrô, durante a mesa e, normalmente, sempre o deixo no fundo da bolsa e no vibracall. Ligou? Deixa recado que em breve retornarei.

Ahhhh tá bom. Lá vem o sermão: Você mora numa cidade linda, a lua está fantástica, o papo animado, a cerveja gelada, mas metrô tem hora para parar, ônibus depois de certo horário demora a passar, táxi é meio arriscado pegar, dirigir depois de beber arrisca alguma BOLS te multar, rajadas de tiros sempre vão rolar e amanhã você acorda cedo para trabalhar.

- Hummm…e daí? 2012 chegou?  

No fundo, contabilizando daqui e dali, o tempo do castigo não foi tão sério assim. E o próximo vale night já está marcado, previamente agendado e avisado.

5 comentários:

Adao Braga disse...

Estou solidário! Afinal, combinar um vale é uma coisa. Pegar um auto vale night sem as devidas combinações, deixa o outro preocupado.

- Dê castigo mesmo benheee! Corte o cartão, a novela preferida, suspeda o SKY, trave o carro, e isole-a de Manu. As duas estão tramando contra seu sossego!

Beth disse...

Novidade essa tua solidariedade ! Mas, ele tá certo neh? Não dá para vacilar nesses tempos em que a gente vive. Tem que avisar se vai demorar e tal ....

Mas vc acha que ele perde tempo? Foi curtir o Grande Premio Brasil de Hipismo e já me ligou para tirar onda e rir da minha opção de não ir para ficar em casa estudando... saiu todo chique para a tribuna social !

Te mete .....

beijos Adão .....

Ela disse...

Eu amo a liberdade de ser feliz. Viva o vale night, rs acho que você está me dando muitas idéias.

Marcelo disse...

ahhh ha ha ha...sempre deixo o celular em casa isso é sempre mesmo e quando estou com ele deixo no vibra e tambem não atendo em pontos de onibus, nem dentro do onibus, nem andando na rua...geralmente entro em algum estabelecimento e atendo...me sinto melhor e mais seguro!

bj

Julie Rossi disse...

Minhas brigas sao literalmente baseadas nas escapulidas dos vale-moto,vale-remo,vale-escalada,vale-viagens, vale-amigos, vale-pedal etc...

Fazer o que, numa cabecinha suicida diante dos NAOS, que nao os aceito? hehehe...Valer a vida, vida valer, vale vida e vale viver.

Proxima parada dia 28 nas arabias...sozinha nao,com as malucas das amigas...Vai dar M....

Ja agendados, e na surdina...hehhehe
\
Saudadessss