quinta-feira, 6 de março de 2008

Um ser chamado Papel Higiênico

 bat_papel_higienico 

A vaquissima DM e a paraquedista PRI, me chamaram a atenção sobre um assunto seríssimo nas rotinas domésticas. O mistério de um ser popular e muito estranho, que não é a Paola, mas é conhecido pela alcunha de papel higiênico.

Me senti o próprio Alfredo dia desses. (lembram àquela propaganda do papel higiênico Neve? O papel higiênico classe A e B?). Então, e àquela voz ecoava lindamente pela casa me chamando.  Solícita que sou, antes que ligasse para o corpo de bombeiros e descobrisse onde era o incêndio, ouço através da porta que o problema era a ausência do papel higiênico no seu devido lugar. Pronto! Desespero atendido e lá fui eu continuar a fazer minhas tarefas.

Mas, uma hora ou outra eu mesma teria que fazer uma visitinha ao bathroom. Chegando no dito cujo, passo o olhar clínico sobre a bagunça que o visitante anterior deixou por lá. E me deparo com 3 rolos do meliante olhando para minha cara. Um devidamente pendurado, outro em cima da pia e outro em cima do cesto de roupa suja.

- Vem cá, você não disse que não tinha papel higiênico no banheiro?

- E não tinha mesmo!

- E o que é aquilo ali?

- Veja bem, meu bem (a la Zé Bonitinho). O pedaço do papel não aparecia e achei que não havia papel higiênico. E como ainda não fizemos reforma no banheiro e estamos sem armário, acabei deixando o outro em cima da pia.

- Sei. O problema é a pontinha do papel higiênico que não aparecia?

- É.

- E aquele em cima do cesto?

- Menina, Que coisa! Sabe que nem reparei no cesto?

- Ahhhh fofissima...Jura???

- Fofissima? Não. Não. Não. Sou fofissimo, classe A.

E mais uma vez o mistério de não conseguir usar as mãos em levantar a tampinha de algo - desta vez, o suporte do papel higiênico. E como não viu a pontinha, então, deduz-se que não havia papel higiênico no suporte.

Preciso ir urgentemente na Leroy e na Casa e Video comprar umas coisitas. Será que um rolo de macarrão é muito caro?

Em tempo, Vinicius, o cara que Mora Sozinho, também andou envolvido e saracoteando com o famoso meliante Papel Higiênico. E dá altas dicas de como se virar sem o dito cujo.

 

10 comentários:

Anônimo disse...

Acho que eu e seu benhê temos algo em comum.
Você está me fazendo rir com suas aventuras domésticas.
beijão gatona
felicidades e estou com saudades. separa a caipirinha, coloca agua no feijão que em breve apareço por ai.

PEDRO

Vinicius disse...

fiz um link pra esse post.. !

Paola disse...

hahahahaha
Que graça!
Olha quando olhei num geral e vi meu nome pensei: Caraca, ela me comparou ao papel higiênico? kkk
Desculpas...
Tenho mania feia de ler num geral...
Coisas de míope. kkkkk
Beijos linda!
Feliz dia pra ti!!!

Gabriel Fiorini disse...

hahahah gostei do seus posts.... estava lendo o blog Morando Sozinho e vi seu comentário e decidir dar uma passadinha aki....

Papel higiênico é um assunto polêmico rsrs

Luciana Cantanhede disse...

Rsrsrs ah Beth, :)
Como pode não achar a pontinha do papel e achar que acabou? rsrs

adaobraga disse...

AH! voce é a culpada mesmo! Como é que deixa isto acontecer? Ajuda muito querida, quam não atrapalha... da proxima vez, fazfavor de deixar a pontinha do papel para ele puxar!

Vê se evolui pokemon!

Ah! não deixe de comprar o instrumento! Esse ai merece mesmo!

adaobraga disse...

Ah! Pelo visto, você foi domesticada hein?

Mas, tá bom?

DM disse...

Querídissima, já falei mil vezes e repito, BOIS(HOMENS) e o Benhê aí não é diferente, desconhecem, sabe-se lá por que razão plausível, que naquele cantinho a esquerda do "trono" é lugar que costuma ser destinado ao nobre papel!

Em minha ótica particular, acho que eles, por uma questão genética desconhecida ignoram o lugar, e acreditam, que o mesmo apareçe ali,por algum fenômeno sobrenatural, chamado de GERAÇÃO ESPONTÂNEA, está sempre ali, renovado... e se não estiver, meu Deus, o que será que aconteçeu ? Juro, estou em meu segundo casamento, e nunca assisti um BOI trocar o papel higiênico do banheiro. Mas se um dia isto acontecer, juro estouro uma Champagnhe !!!

PS: Querídissimo BOI ADÃO! Vai te catar e cria vergonha na cara e de vez em quando troca o papel higiênico de sua casa, caramba!!!!

adaobraga disse...

Amada DM, já me catei. E são raros os casos naturais, em que o macho é responsável pelo ninho, e quando, o são, é por incompetência da companheira que é normalmente desleixada, violenta com suas crias...

E por fim, não digo, o que faço em casa, para não aumentar a cobiça, e também a concorrência! he he he

ah! antes que me esqueça: Como a maioria é destro, normalmente a papeleira nos sanitários, devem prefencialmente a direita do vaso sanitário.

Anônimo disse...

Legal.
Visita o meu: www.topensandoc.blospot.com
Valeu!