quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Alhos, bugalhos e devaneios

Eu juro que estou de férias desse espaço aqui. EU JURO por mim mesma, por Deus, por meus pais e pelo Leonardo... (rs rs rs).

Estava conversando com Jullie no msn e papo vai e papo vem (todos papos empresariais e acadêmicos) acabei dizendo ao fecharmos um assunto: ser imparcial por vezes nos atrapalha. Ahhhh...Jullie escreva sobre a imparcialidade como postura - A Imparcialidade Atrapalha (foi o tema sugerido por mim). Ela me respondeu que em tese eu teria uma visão mais objetiva da coisa, do tema, pois havíamos enveredado pelas teias jurídica; a venda de Themis, a balança que não pendula, o lavar de mãos de Pilatos. Tudo isso junto e ainda somos seres humanos.

Cruzes!!!

Como olhar corpos recém inertes num desastre de automóvel na Dutra e mesmo assim termos uma visão nada emotiva diante de uma família dissipada em cadáveres? Como sermos imparciais e céticos diante das chagas de um mendigo, ou dos olhos remelentos de uma criança que bate no vidro filmado de nossos carros? Meu professor de Direito Penal, desembargador, diria: não sou responsável pelas mazelas do mundo que correm do lado de fora do meu Jaguar.

Cruzes!!! Ai você vai pensar em coro com a turba: que cara filho da puta, desembargador safado, essa corja do judiciário que nada faz, anda de Jaguar e atrapalha nossa vida. Epa. Calma. Stop. Espere ele completar o raciocínio dizendo: tenho uma filha cega e nem por isso culpei alguém por minha mazela pessoal, corri atrás para que minha filha tivesse tudo; comi muito feijão com farinha e couve para poder comprar meus livros, me formar e chegar onde estou. Dentro da minha área ajo e sempre procurarei agir com equidade.

E agora José?

Acabei de passar no Adão e fui comentar um texto antigo dele, ops, fui ver um comentário dele em cima de outro comentário meu. E ele disse: As vezes somos irreais nalgumas situações, noutras não! Eu fiquei num pé e noutro indo nos blogs… tem uma porção de gente que a coisa apertou, e não estão escrevendo. Respondi que as vezes essa ausência de textos refere-se tão somente a falta de tempo (afinal, temos vida fora da net), ou simplesmente é necessário uma pausa nas idéias, um olhar mais atento ao próprio umbigo antes de se pôr a escrever. Ou nada disso junto, apenas dá no saco ficar escrevendo o tempo todo para que outros nos leiam o tempo todo. Cada um com seu cada um e seus motivos. Mas essa pausa em nada é prejudicial, ela até nos enriquece, nos fortalece.

Cruzes!!! Mentira...não respondi nada disso, mais ou menos parecido com isso e que no fundo era isso que eu queria dizer. Mas o que é mais importante para o Mutumutum (é isso??) que deletou seu blogger? Continuar blogando ou estudando para concurso? Ahhh...eu vejo a segunda opção como mais vantajosa para o futuro do mancebo, afinal, não serei eu a sustentar sua família e nem pagar suas contas; sou apenas uma leitora no meio de tantos autores. Vá estudar filhinho, você só vai sair ganhando.

Mas, o que os alhos da imparcialidade tem a ver com os bugalhos das ausências literárias nos bloggers? NECAS DE PITIBIRIBA. Era só para não esquecer dos temas que vou escrever quando voltar das minhas férias. Mas quem quiser se antecipar na idéia...fique a vontade. Só retorno no dia 5 de novembro de 2007.

Findei o papo com Jullie dizendo que muitas vezes vestimos as vestes da imparcialidade para sobreviver em qualquer esfera de nossas vidas. Não poderia mais chegar em casa e cair aos prantos depois de atender um assistido de Defensoria Pública e vendo-o reclamar de que está sendo despejado, a aposentadoria não saiu, 2 filhos deficientes e ainda por cima tem problemas cardíacos e lupus. E para jogar a última pá de cal no pobre da vez: o Estado não libera os remédios. Ser imparcial, por vezes, me ajudou a sobreviver, a não chorar mais diante das mazelas de outrem.

- O que a senhora está fazendo aqui novamente?
- Doutora, só a senhora para me entender. Sabe àquele processo....
- Não sou doutora ainda, sou estagiária.
- A senhora é minha doutorinha.

Ai que fofo!!

- Prima, o safado do meu ex-marido não pagou a pensão....
- Amiga, meu celular está pela terceira vez no conserto...
- Filha, o passageiro de uma guia amiga a acusou de furto....
- Amiga, o inventário ....

Ai Jesus Cristinho! Ainda não me formei...stop

- Sobrinha amada, quando você vai se formar? O inventário da familia é você quem vai fazer.
- Jura titia? Que beleza, vou me dar bem e comprar minha Hillux.
- Você vai cobrar?
- Claro. É óbvio. Parentes nem os dentes e casa de ferreiro espeto é de pau. Quer gratuidade? Defensoria Pública querida.

Afinal, o que os alhos da imparcialidade tem a ver com os bugalhos das ausências literárias nos bloggers e com os devaneios jurídicos de todo consulente que vê num estudante uma forma de não pagar os honorários? Novamente: NECAS DE PITIBIRIBA.



Mas depois das festividades do Halloween, da minha viagem no feriado de finados, pego minha vassoura, junto alhos, bugalhos e devaneios no caldeirão...misturo tudo com cinzas e visceras fétidas e volto a postar.




Creio ter descoberto os motivos de gostar tanto da Flor de Lotus e da mitologia da Fênix. Sempre nasce poesia e arte no meio das cinzas e da lama. Sempre renasce alguém. Pois é amigo Adão, vejo dessa forma os motivos de tanta gente precisar se recolher em idéias...é tão puramente para se fortalecer. E em verdade: alhos, bugalhos e devaneios tem tudo a ver, tudo se comunga.


E ao final apenas diremos: Dá a César o que é de César. Dá a Deus o que é de Deus. E o tal Desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro estava certíssimo...quer queiramos ou não, no fundo, lá no fundinho sempre vamos olhar para algo ou alguém como um ônus que não nos diz respeito. E a balança continua a não pendular....

E agora Jullie? É doce ou travessura?



ZWANI.com - The place for myspace comments, glitters, graphics, backgrounds and codes



Pirlimpimpim....abracadabra....FUI !



22 comentários:

Pedro disse...

se em férias, em recesso você já produz uma pérola dessas. O que posso esperar quando voltares com a corda toda?
Salve doce Liz, flor de lis que se transmuta em flor de lotus.
Vou pensar antes de responder, me deixou mudo.

beijão gatona

Paola a Estranha disse...

Bom recesso querida!
Volte com tudo, hein!

Ah! Me dê seu msn...não tenho!

Beijos.

Julie disse...

Doce, sempre!!

SAO POR TANTOS DIZERES E FAZERES, QUE PREFIRO SEU REFLUXO AO MEU. SUAS CABIVEIS IDEIAS QUE ME AUXILIAM NO PENSAR. SUA PACIENCIA E SAPIENCIA NA HORA DE DECIDIR E, ACIMA DE TUDO, SUA CAPACIDADE DE ME TER COMO AMIGA. PORQUE NAO SOU NADA FACIL DE LIDAR.
BJSSSS QUERIDISSIMA AMADA. TE AMO

Pedro disse...

Doce ou sarcástica?
As duas...sempre!!!
Querida não sei o que você prepara em sua cabeçinha pensante em ideias, mas concordo quando dizes que a imparcialidade atrapalha, principalmente no que se refere ao mundo de negócios, mas nos ajuda realmente a sobreviver as atribulações diárias.
Uma pessoa tão puramente imparcial em tudo não acrescenta em nada. Bom seria a dose certa.
Realmente em tudo é necessário haver um descanso - guarda-se os sábados (para os judeus); os domingos (para os cristãos). As férias para os trabalhadores e pensadores. O descanso mais do que merecido é necessário e justo.

Beijão lindissima

Wolverine Logan disse...

Eu quero saber se você vai ficar só na ameaça? Com aqueles recadinhos? Eu quero é ação!
Beijos

Beth disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
oia
oia
oia
que eu ajo ....
Olha o carnaval chegando heim?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Julie disse...

Po, Wolvex, de novo? Ahh, to me tornando alguem ja conhecida hem!!
Chega de traiçao negao!!

Beth! Melhor ce aceitar logo voltar para o Rodrigo ou Claudinho hem! Negao Pernambucano ja arrumou outrem!! hahahahahaha

Brincadeira amores
Saudades d'ces

Luciana Cantanhede disse...

Ainda bem que você consegue arranjar um tempinho para postar e matar a saudades!!
Bjkas
Lu

Jesus Apócrifo disse...

E não tente acostumar com isso não...!!!
Senão... senão!!!

Tânia Carvalho disse...

Estou adorando este blog!
Um beijo pra você Beth.
:))

Adao Braga disse...

Eu li e não comentei??? É verdade querida... muitos pensam que só vivemos sentados à frente do monitor... há tanto que temos que fazer no dia-a-dia, não é mesmo??

A vida continua, e cada dia mais, estão exigindo algum tipo de papel dizendo que voce sabe de alguma coisa, mesmo que muitos não saibam, mas tem o papel dizendo que sabe!

Me entristece o sistema assim. Tenho um amigo que sempre foi menosprezado porque não tinha um papel dizendo que ele tinha determinado curso, e no entanto, ele era melhor do que muitos que tinha o papel, depois que ele conseguiu o canudinho, nem o salário aumentaram... sacanagem esse sistema!!!

Claudya disse...

Beth dear, vc. tá ou não em férias? Se sim, aproveita bastante!!!! Bjs. Ah. e prá mim, escolho a travessura.

Ricardo Rayol disse...

travessuras é claro

Fernanda disse...

Sempre achei que ser imparcial seria ser justo, porém em determinadas profissões, como mencionas Beth, é fundamental para sobreviver...eu acho que não conseguiria...
Boas férias!
Bjo grande

( Podes pegar o texto; considero que é tb nossa obrigação divulgar ;)!)

Anônimo disse...

Escolho: TRAVESSURA TRAVESSURA TRAVESSURA


BEIJINHS AMIGA
CECILIA

Mélica disse...

Oi Beth!
Faz tempo que não apareço, não é mesmo? Estas últimas semanas tenho tido pouco tempo de acesso.. mas vim me atualizar hoje!;)
Tudo muito lindo por aqui!!!
Tenhas um ótimo dia!
Beijos.

Mamanunes disse...

Malabarismo é o nome que se dá prá essa situação em que vivemos. E dá prá ser imparcial? Dá pprá não ser?
Afff....
Descanse Beth, descanse bastante, porque como vc disse, está "estagiando", é só o ensaio, imagine quando estiver no "palco", de cara prá platéia...Haja Deus...
Tchauzim e relaxe.
bjk
(Humm flor de lotus é...vamos pensar no template...)

Claudya disse...

Beth dear, quando vc. voltar das férias, passe lá no Gothicbox, que eu te citei para um meme (se quiser participar). Bjs.

Lord of Erewhon disse...

Se morre por nada...

Thiane disse...

Oi querida, saudade. Quer vc esteve em SP? Quase nos vimos no seminário sobre blogs. Deixei de ir por mto pouco. Olhe, estou aprendendo a parcial, mas sem ficar espalhando isso por aí. Tem dado certo. Beijocas

Beth disse...

Valeu Galera pela visita ao blog, pelos comentários aqui deixados. Ativei a moderação, pois vou me ausentar por uns 5 dias e logo estarei de volta para postar minhas percepções diárias.

Estou aproveitando essa lacuna em postar por aqui para poder visitar vocês com calma. E tenho adorado ser mais leitora.

Tenho postado mais no curvas e no livre para voar, pois têm sido mais o meu dia a dia.
Passem por lá...ambos estão linkados na lateral.

Valeu meus amores
adoro vocês

Carlinha disse...

Opa, vários assuntos, e um tema que me chamou a atenção, a falta de tempo na vida real que tira todo mundo da blogosfera...
Quanto ao dar consultas sem ter se formado ainda, saiba que piora, eu que o diga como engenheira pública da família, vizinhos, amigos, anexos e adjascentes, rs!
Boas férias e té mais!