sexta-feira, 13 de julho de 2007

Piratas Modernos

Recebi um comentário, em Marvada Gripe, onde Klatuu, o embuçado informou dados sobre uma plagiadora, acredito em busca de apoio para denunciá-la. Segundo Klatuu, informação posteriormente confirmada, tal plagiadora além de copiar poemas, também copia textos diversos, inclusive recentemente fingiu excluir o tal blogger e criou outro destinado somente aos amigos registrados. Por mais que Klatuu tenha sido generoso e preocupado em repassar a informação, infelizmente, não há como verificar o conteúdo e as obras utilizadas por esta menina - ela foi mais ágil.

Recentemente soube de três casos de plágio, de textos e fotos, sofridos por amigos pessoais. E quando digo fotos, digo, fotos pessoais e intimas. Eu mesma já encontrei fotos das minhas tatoos e dos meus vôos em páginas de orkut (pessoais) e em sites da internet (as de vôo). Nunca encontrei ou nunca soube que tenha sido plagiada em textos ou nos meus poemas, até porque, copiar psicologia de botequim é o máximo da falta de criatividade, até admito que me leiam e peguem o fio da meada de um raciocínio, mas copiar um texto inteiro (e meus textos são por demais longos) e dar crédito como sendo seu, acho o cúmulo da falta de personalidade. Mas em relação as minhas de vôo (que são lindas), normalmente eles pedem permissão, inclusive, cedi várias à um site internacional destinado a divulgação de vôo livre e em blogger de amigos meus que são pilotos.

Nunca me estressei muito com isso, nem mesmo quando vejo minhas fotos intimas em algum profile de orkut, normalmente são as fotos de viagem, paisagem, das pernas, das tatoos; sempre agradeço por prestigiar a foto, mas gostaria de ver um poema, um texto ilustrando a imagem, afinal, se a pessoa gostou, por exemplo, das fotos de minhas tatoos, então, nada mais justo do que dar uma valorizada no material onde a tatuagem está devidamente perpetuada - putz - diz qualquer coisa, dá uma elogiada no corpinho, que as pernas são maravilhosas, que o bumbum é bonito, que a tatoo está perpetuada na obra máxima de Deus - porra diz assim: que mulher gostosa. Enfim, sempre digo isso e normalmente logo em seguida as fotos são retiradas. Sou curta, grossa e debochada na maioria das vezes. Acho que é por isso que nunca tive problemas com orkut, como a maioria tem. Nunca me preocupei em proteger minha privacidade em um espaço público. Quer saber da minha vida no orkut? Quem estou namorando, quem é meu melhor amigo, onde estou? Vai lá...tem oito mil e poucos recados para você ler. Outro dia encontrei fotos de vôo no orkut, como se fossem da pessoa e fiz a mesma coisa que faço com minhas fotos pessoais, entrei e disse: obrigada por valorizar minha foto, mas olha só esse vôo foi em Niteroi e você colocou São Conrado. A menina ficou sem graça e agradeceu, mudou o texto, me adicionou e a foto a continua lá. Me estressar? "Firmeza. O Marcelo Almeida vai ganhar mais clientes (o vôo foi com ele), eu vou ganhar vôos gratuitos e ela no final só está divulgando o vôo livre".

A internet é um campo aberto para a propagação dos crimes virtuais - do aliciamento de menores ao furto de direitos autorais - mas colocar obra intelectual na rede, quaisquer que sejam, não quer dizer que você está fornecendo autorização para qualquer um fazer o que quiser. Caso não se conheça a autoria de um texto, nada mais justo do que colocar o famoso "autor desconhecido" ou dizer que a “obra foi capturada na internet”, esta última é norma da ABNT. Acredito que esse procedimento inicial é o mínimo que se espera de alguém de tenha uma boa índole e ética. No caso do autor desconhecido, descobri um blog muito legal, depois de receber um arquivo por flash, onde a autora dá uma de Sherlock Holmes e desvenda a autoria do autor desconhecido – na verdade, não há autores desconhecidos. Complicado acho apenas o caso das fotos, dos gif´s, das imagens em geral, haja vista, haver muitos sites e locais que os disponibilizam gratuitamente em downloads, ou no simples salvar imagem com o lado direito do mouse, mas até nesses casos também dá para pelo menos dizer que a obra foi capturada na internet. Mas caso saiba a autoria não custa nada dar uma valorizada na percepção daquele momento único, onde o autor teve a sensibilidade que você não teve. (eu já faço isso ao final do meu blog)

É um assunto por demais complexo, pois nossa legislação, por melhor que seja, já nasceu desatualizada. Mas achei um artigo de 2002, muito interessante sobre o tema e que vale a pena ser lido para dar pelo menos uma pequena clareada nos leigos. Recentemente uma amiga, na sua monografia, falou sobre Direitos Autorais e teve muita dificuldade na pesquisa, mas o trabalho dela foi tão somente voltado para a música – mas pôde perceber em suas pesquisas o quanto dificultoso é tratar sobre o tema.

Bem, muito legal a atitude de Klatuu em avisar do ocorrido e dar nomes aos bois, inclusive de quem sofreu o dano, mas infelizmente não há como verificar, pois como ele mesmo diz a dita "autora" limitou o acesso ao seu espaço. Acho que neste caso, talvez, pudesse denunciar ao Safernet, pois além deles confirmarem a informação, poderiam pedir a retirada do espaço na rede, assim como fazemos no orkut quando encontramos os malditos pedófilos, ou àqueles que incitam o crime, ou copiam fotos.

12 comentários:

Eu e Ela disse...

Sabe Beth, é horrivel ser plagiado.
Voce leva horas escolhendo imagens, textos que tem haver com vc, e vem alguem e pega assina e leva todos os creditos, pior ainda quando é comercial, desacredita até quem foi plagiado, quando comecei trabalhar na internet, conheci uma modalidade de golpe que é bem rendoso e não existe como proteger grandes empresas disso, foi um custo não deixar o cliente cair em tal golpe ja que era totalmente leigo, o cara compra um dominio que tem haver com a empresa e coloca no ar coisas que não tem nada haver a empresa é obrigada a alugar aquele dominio e pagar o que o dono pede, um ex: o cara registra big bob . com e coloca no link patrocinado com coisas contrarias ao dono de sua patente. a unica pessoal que teve exito com tal golpe foi a Xuxa. O cara que dava os golpes me contou em detalhes e ainda citou de quais empresas ganhava um baba, fiquei apavorada.
Infelizmente plagiar na internet virou moda. até entre os profissionais. Mas a maioria deixa rastro e não vai muito longe.
é uma questão de ética.

Ricardo Rayol disse...

Esse lance de copiar sem autorização é foda. Eu não esbarrei com nada meu, salvo umas doideiras que publico no indignatus por aí.

Eu e Ela disse...

eu tive o texto e as fotos de um site que fiz copiados e com creditos de autoria e fotografia dados a outra o pessoa, a coisa ainda esta em andamento.

Eu e Ela disse...

ainda existem pessoas sérias.
O dono do site não só retirou o texto e vai retirar as fotos como me convidou a ser uma coloboradora.
abaixo a pairataria!!!!!

Julie disse...

Beth Show...Coisas bacanas, eticas, conservadoras e de enorme veracidade foram citadas. Mas, gostaria de dizer que sou "leiga" mas nao burra. E algumas pessoas que passeam em seu blogger tambem plageiam ou "até admito que me leiam e peguem o fio da meada de um raciocínio (Beth) ". Isso tambem, poderiamos considerar um PLAGIO? Existem alguns textos que navegam por ai que as vezes me surpreendem assim: "Eu ja li isso em algum lugar"... e, acabo por pesquisar no google e aparece tudo la...Entao o que seria essa tal "ETICA"?
Já conversamos sobre isso outro dia, lembra?
O que fica atras do pensamento?
Nao quero polemizar, mas, ate mesmo eu ja me peguei no raciocinio seu, do seus amigos que postam la tambem, que acabam por transceder uma ideia ou algo util.
Entao, desculpe, porque eu tambem nao tenho etica...Mas vou continuar a progredir e evitar essas verdades ocultas. Uma situaçao toda minha.
Bjsss

Eu e Ela disse...

Julie
Plagio é vc copiar exatamente o que outro escreveu, não acho que colocar uma ideia com outras palavras seja plagio, eu copio textos, se desconheço a autoria, é autor desconhecido, se recebi por email, recebi por email, muitas vezes peco em não pesquisar mais afundo, plagio é vc assinar o que não escreveu, sem mudar um ponto ou virgula.
é dizer que um foto é sua sem ser.
que vc criou uma imagem sem criar.
é ter tomar o poder da obra de outro.
o plagio de ideias ja é mais complexo, geralmente se leva em conta apenas em obras literarias, o que eu acho que ultimamente não tem sido muito rigoroso.

Julie disse...

Ah, gente!! Que otimo! Obrigada querida, literalmente voce me tirou esse grilo. Fiquei incomodada, porque tambem acompanho as ideias de outros e, surge outras e eu acabo tendo um raciocinio em cima de outro que é o dono da ideia inicial. Saca?
Agora eu saquei e peço desculpa pela ignorancia. Eu nao acho legal tambem sair por ai copiando fotos, textos e tudo que foi citado.
Eu fiquei pensativa porque adoro Clarice Lispector e me identifico muito com ela, chego afirmar que mexe com meu humor e instinto. E numa conversa informal acabo usando suas ideias. Achei que pudesse está sendo uma pirata!!
Obrigada de coraçao.
Bjsssss

Eu e Ela disse...

Confesso que fiquei deveras preocupada com seu comenbtário.
bjs

Sir DoRego disse...

então quer dizer que esse tal de creative commons não serve para nada...

Julie disse...

Amiga, esses seus textos sao de utilissima utilidade...rsrsrsrsrs
Bjocas
Afinal, quando volta de Araruama?
Bjs

Aryana Penno disse...

Nossa, realmente é o cúmulo da falta de personalidade, e de respeito também, copiar os outros.
Tá certo que é difícil controlar isso na internet, mas o que que custa esse povinho se esforçar só um pouquinho pra pelo menos avisar, e, lógico, dar crédito, quando copiam algo?
Povo sem noção....
Beijoos

Beth disse...

O creative commons e o copyscape deveria realmente ser válidos e coibir esses tipos de abusos. Mas legal ver a participação de vocês. Show de bola !!!