quinta-feira, 19 de abril de 2007

Barquinho de Papel


Barquinho de papel,
Feito pelas mãos do menino.
Corajoso, desce o rio,
Buscará no mar, seu destino.

Barquinho de papel,
Vencendo correntezas,
Pedrinhas e peixinhos no caminho,
Sonhando, com o mar do menino.

Barquinho de papel,
Sou teu marujo, capitão, pirata.
Serei pescador, de águas profundas,
Onde reflete, minha lua de prata.

Barquinho de papel,
Frágil e pequeno,
Não chegou no seu destino,
Não desistiu o menino.


Com todo carinho para meu sobrinho Vítor. Ele pediu para contar uma historinha sobre um barquinho de papel. E eu contei.

2 comentários:

Pedro disse...

você é uma tia maravilhosa. E daria uma mãe perfeita. Me lembrei de você contando a historinha do "Menino do Dedo Verde" para as crianças na Pascoa.

Fernanda disse...

Que lindo poema, Beth!Aposto que o seu sobrinho adorou.
Bom fim semana.
Bjs